Adidas vende um milhão de tênis feitos com plástico retirado dos oceanos

Estima-se que oito milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos todos os anos. Alguns governos e empresas já trabalham para tentar limitar esta contaminação - com a proibição de sacolas plásticas ou incentivo a busca de embalagens com novos materiais. Nesse processo, a Adidas lançou em 2017, um modelo de tênis feito a partir de plásticos retirado dos oceanos. Era para ser apenas uma linha promocional, que ajudasse a conscientizar o mundo sobre o perigo do plástico nos mares. Mas acabou se transformando em sucesso de vendas. 

Em entrevista à CNBC, o CEO da Adidas, Kasper Rorsted, anunciou que a empresa atingiu a marca de um milhão de pares vendidos do modelo até o final de 2017. No total, a marca alemã lançou três versões de seu clássico Ultraboost com  plástico recolhidos dos oceanos esta matéria-prima para seu clássico tênis UltraBoost. O modelo sustentável foi feito por meio de uma parceria com a ONG Parley for the Oceans e inicialmente a produção era de sete mil pares. 

Cada par reutiliza material suficiente para 11 garrafas, segundo a CNBC. O modelo, com design inspirado nas ondas do mar, é formado 95% por plástico retirado dos oceanos e 5% por poliéster reciclado. O material é similar ao usado na confecção do uniformes dos times Bayern de Munique e Real Madrid.

No Brasil, o tênis foi lançado em outubro do ano passado a um custo médio de R$ 700. Atualmente, está sendo vendido por R$ 529.

Fonte: Épocanegocios